Cuidados com o Recém-Nascido: 7 formas de aliviar as cólicas do bebê

Para começar…

Como saber se o choro do seu bebê é de cólica?

Ele já mamou, a fralda não está molhada, ele não está com calor ou frio? O rosto dele está vermelho, e ele encolhe as pernas até a barriguinha e os choros de cólica costumam acontecer sempre no mesmo horário. Aquele choro estridente que muitas vezes deixa os pais, principalmente de primeira viagem, em desespero! A grande possibilidade é ser uma crise de cólica.

Por que o recém-nascido tem cólica?

Praticamente todo recém-nascido tem cólica e elas costumam passar depois de 3 meses… Os motivos para o bebê ter cólica são vários, ele não tem o sistema digestivo completamente formado, o stress dos pais, a alimentação da mãe e também o bebê pode engolir ar ao mamar e assim sentir fortes dores de gases.

Agora seguem as 10 formas de aliviar as cólicas do seu bebê:

1. Previna os gases

O bebê pode engolir muito ar durante a mamada por isso é importante fazer a criança arrotar para expelir o ar engolido, para os bebê que não mamam no peito existem mamadeiras especiais feitas para evitar a entrada de ar e assim diminuir as cólicas por esse motivo.

2. Fazer compressa

Fazer compressas mornas na barriga do bebê, pode ser com uma fralda aquecida ou mesmo usar uma bolsa térmica com água morna (verifique a temperatura para não queimar a pele delicada do seu bebê).

3. Fazer ginástica

Fazer ginástica com as perninhas do bebê. Flexione as perninhas dele contra o peito e faça movimentos como se ele estivesse pedalando. Isso ajuda a liberar os gases.

4. Massageie a barriguinha do bebê

Faça movimentos circulares no sentido horário, fazendo uma pressão suave.

5. Controle sua alimentação

Não há um consenso se realmente a alimentação da mãe pode causar cólicas no bebê, alguns pediatras dizem que sim, outros que não.

Fique atenta se ao comer algum determinado alimento seu bebê sente mais cólica, alguns alimentos mais comuns que podem dar cólicas são feijão, brócolis, chocolate, cebolas, cafeína, pimentão, leguminosos e sucos cítricos e alimentos condimentados. Converse com seu médico sobre sua alimentação para o período em você estará amamentando.

Um alimento que aumenta as “cólicas” do bebê e pode gerar outros sintomas, é o leite de vaca, mas só caso a criança tenha APLV (alergia a proteína do leite de vaca).

6. Acalme-se

Muitos bebês podem chorar de cólicas por horas e você pode acabar se estressando por não conseguir aliviar as cólicas dele. O bebê é supersensível é percebe seu stress o que acaba deixando ele mais estressado ainda. Quando possível, se você tiver alguém para te ajudar, marido, mãe, sogra…  aproveite e deixa essa pessoa tentando aliviar a cólica do seu bebê, tome um banho, faça uma refeição e você verá que voltará mais tranquila para cuidar do seu bebê.

7. Medique

Em último caso, medique. Se nada adiantou e seu bebê não para de chorar, entre em contato com o pediatra. Existem remédios para cólicas, analgésicos infantis e medicamentos antiflatulência que o pediatra poderá receitar.

Para mais dicas de cuidados diários com bebê recém-nascido acesse:

Comente com o Facebook

comentários