8 Dicas para acalmar seu bebê

http://blog.marianazanottoalves.com/tag/como-acalmar-o-bebe/

O choro é um forma de comunicação do bebê essa é a primeira coisa que precisamos ter em mente para tentarmos acalmá-los. Portanto é necessário encontrar a origem do choro para poder acalmar seu bebê efetivamente.

1- DESCUBRA A ORIGEM DO CHORO

A primeira dica para acalmar seu bebê é procurar a origem do choro. Se for comida alimente-o, se for fralda suja troque-o, se for calor ou frio coloque uma roupa mais agradável. Se todas essas coisas já foram verificadas as próximas em questão  são se ele está com febre, ou sentindo alguma dor, o choro nesse caso é mais insistente, constante …após todas essas verificações se o bebê ainda estiver chorando pode ser que ele esteja cansado, entediado do brinquedo ou da posição, carente…sim carente. Bebês como adultos gostam de carinho e atenção. Gostam de um chameguinho, abraços, beijos portanto abuse e use de muitas demonstrações de amor e carinho.

2- ENROLE EM UMA MANTA

Enrolar o bebê em uma manta, pode soar estranho e até mesmo parecer sufocante ver o bebê sem poder mexer os pés e os braços, mas acredite ele está acostumado com isso, pois reproduz sensação intra-uterina aonde ele tinha seus movimentos restritos pelo espaço. No início também  o bebê não tem controle motor de suas mãos e seus pés e a movimentação involuntária dos membros pode irritar o bebê. Então enrolá-lo em uma manta é uma boa forma de acalmá-lo ele se sentirá aquecido e confortável. No verão pode ser usado um lençol e no inverno uma mantinha leve. Importante lembrar que a manta deve ser SEMPRE enrolada na linha do ombro para não correr riscos de a manta subir e acabar por sufocar o bebê.

pinterest
pinterest

 

3- SONS 

Dentro do seu útero haviam muitos barulhos e seu bebê está acostumado com isso, quando os bebês nascem os pais tentam proporcionar um ambiente silencioso achando que isso agradará seu bebê mas não é verdade, quando muito pequenininhos eles não se incomodam com o som externo pois vieram de um lugar muito barulhento. Portanto existem alguns sons que se reproduzidos rementem a criança ao útero materno, o ajudando a relaxar. Segue alguns exemplos que você pode fazer em casa:

  • Ligar uma máquina d lavar roupa;
  • Zumbido;
  • Ligar o rádio na estática;
  • Ligar o aspirador de pó no outro quarto;
  • Abrir a torneira;
  • Fazer o famoso Shhhhhhhhhhh, de forma constante e bem perto ouvido do seu bebê de forma fria mas sem gritar, logo o choro irá passar.

4- DÊ UM BANHO

Banho ajuda qualquer um a relaxar não é?! Para os bebês não é diferente, a maioria dos bebês gostam de ficar nesse meio aquático pois lembra o útero da mãe. Então experimente dar um banho morno no seu bebê, pode ser na banheira ou até mesmo no balde (ôfuro), Alguns bebês não gostam de tomar banho, ficar sem roupa, para estes o banho não irá ajudar muito a relaxar, mas você tentar e ver se o seu bebê irá gostar ou não. Se ele gostar você terá mais um aliado para essas horas.

5- FAÇA UMA MASSAGEM

Uma outra alternativa é fazer uma massagem no seu bebê para isso você não precisa ser massagista profissional pois bebês gostam do toque suave das mãos. Pode ser antes ou depois do banho, toque nas palmas das mãos dele, dos pés, os ombros e o resto do corpo de forma suave, se ele estiver com cólicas faça massagens na barriguinha ele vai se sentir aliviado. Procure utilizar óleos vegetais que são os mais indicados para a pele dos bebês.

5- CANTE PARA SEU BEBÊ

Para seu bebê não importa se sua voz é bonita ou não, ele se sente seguro ao te ouvir pois é a voz que ele mais conhece desde o útero, por isso sua voz o acalma. Cante para seu bebê, eles se acalmam quando cantamos, claro que não seja uma música muito agitada se o intuito é acalmá-lo. Cante para ele, invente músicas só de vocês dois, isso o deixará mais confortável e alegre. Afinal quem não gosta de uma boa música?!

6- FAÇA UM CARINHO

Vai ter dias que o bebê estará mais carente, da mesma forma como um adulto tem dias mais cansativos, estressantes  ou com alguma dor, que o que mais queremos é um pouco de amor e carinho para aliviar as tensões, não é?! Seu bebê é igual, vai ter dias que ele estará mais enjoadinho, mais irritado e justamente nesses dias ele vai precisar de uma dose extra de amor, carinho e paciência. Faça carinho, dê muitos beijinhos gostosos, abrace forte, ele vai amar se sentir querido.

7- DÊ UMA VOLTA

As vezes eles se sentem entediados com o ambiente a volta, então uma mudança de cenário pode ajudá-lo a se acalmar nesse caso. Troque de ambiente, leve ele para ver a janela e o movimento da rua. Ou se tiver como dê uma volta na rua, no pátio para que ele pode se interessar por outras coisas e tirar a atenção da agitação. Se não tiver como, dentro do mesmo ambiente adicione elementos como ligue o ventilador de teto, olhe para um quadro, um aquário ou diminua as luzes.

8- DESOPILE, ESSA FASE VAI PASSAR

Acredite, vai passar! Os primeiros 6 meses são meses de muitos desafios e descobertas, vocês estão se conhecendo é normal não saber muitas vezes como reagir. Mas o mais importante é não perder a calma, todas as mães passam por momentos semelhantes e as coisas melhoram, melhoram tanto que a maioria de nós teêm o segundo, terceiro filho…por isso tenha paciência vai passar! Acredite além de alimento o que o seu bebê mais precisa é de sua compreensão e amor. O resto dá se um jeito!!!

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários