Gravidez – O exame de translucência nucal

Imagem: Wisegeek.com

Aí vai um pequeno relato maluco sobre a minha primeira gravidez. Sim, eu li muito, estudei e pesquisei muitas coisas. Mas acho que em cada etapa que me eram apresentados novos nomes, exames, injeções e procedimentos médicos, eu entrava em choque e esquecia tudo (igual o Chaves, lembra? Tipo isso.).

Não foi diferente quando a médica obstetra me disse que o próximo ultrasom seria o de Translucência Nucal. O nome pouco amigável me fez ouvir alguma música de fundo de momentos de revelação e tensão das novelas, sabe como? E agora, será que a mocinha vai conseguir sair dessa? E enquanto ela escrevia na guia de exame eu tentava acionar no meu cérebro os arquivos sobre o ultrasom de Translucência Nucal que eu tinha pesquisado em algum momento entre um enjoo e outro. Não lembrei, e na dúvida, perguntei de novo.

[clube_de_gestante ]

O que é esse exame de translucência nucal? Ele é importante? Minha gravidez é diferente das outras ou todas tem que fazer esse ultrasom? Ele é endovaginal (o desconforto me permitiu perguntar isso sem titubear)?

Em poucos segundos eu já tinha feito mil perguntas, e minha querida obstetra somente deu um pequeno sorriso e levantou a sobrancelha enquanto terminava de escrever. Quando ela terminou, me deu uma aula muito fofa de atenção médica e de translucência nucal. Ela também me fez lembrar que eu tinha lido sobre esse ultrasom danado, mas que foi ótimo perguntar, pois daí em diante, ela caprichou ainda mais em todas as informações sobre minha gravidez e os cuidados (como a higiene bucal, vocês acreditam? Tem um post ótimo aqui no Soumãe também, não deixe de ler!) que eu deveria ter.

Então, se você ainda não fez esse exame, saiba aqui o que você precisa saber sobre ele:

Como e quando é feito na gravidez o ultrasom de Translucência nucal?

Ele normalmente é endovaginal, com complementação por ultrassom abdominal na maioria dos casos. Ok, é desconfortável, eu sei. Mas ele dura em torno de 30 minutos (e não é todo esse período via endovaginal, calma!). E são 30 minutos de observação do seu pequeno bebê, e isso é maravilhoso! E ainda tem a batida do coração!

Ele precisa ser realizado necessariamente entre a 11ª semana até a 13ª semana e 6 dias de gravidez, com preferência entre a 12ª e a 13ª semana. Isso é muito importante saber, pois as vezes é chato agendar esse exame muito em cima da hora (eu demorei para marcar e fiz na 13ª e 4 dias, aos “42 minutos do segundo tempo”). Então fique atenta. Assim que receber a guia do pedido, marque.

Gêmeos! Imagem: Babycenter
Gêmeos!
Imagem: Babycenter

Qual o objetivo do ultrasom TN e o que ele pode identificar?

O ultrasom TN (Translucência Nucal) é feito para o acompanhamento da anatomia do feto de acordo com o tempo de gestação e para detectar possíveis malformações e/ou sinais de alteração genética.

A Translucência Nucal é o acúmulo de líquido abaixo da pele medido a partir da espessura da região da parte posterior do crânio até a região inferior do tórax. Um volume maior pode indicar uma alteração congênita, como a Síndrome de Down.

Imagem: fetal.com
Imagem: fetal.com

Esse exame pode identificar até 80% das alterações cromossômicas fetais. Embora a Síndrome de Down seja a mais associada ao exame, 20% das Síndromes de Down não podem ser identificadas por esse exame por apresentar o tamanho da translucência nucal dentro do padrão. Algumas condições clínicas também não são identificadas por esse exame, como a surdez e cegueira, por exemplo.

Mas o que o ultrasom de TN não consegue apurar é o tamanho do amor que você tem pelo seu filho ou ele por você, independente de qualquer alteração cromossômica. É tão infinito e tão incondicional, que não cabe na imagem estranha que aparece nos visores dos exames nem em nenhum outro lugar, só no coração de vocês. Então, relaxa. É um exame, e somente isso.

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários