Mary Poppins - Resenha - livro e filme

Mary Poppins – Resenha – livro e filme

Mary Poppins, uma das personagens mais originais e amadas da ficção infantojuvenil.

Vou começar falando do livro, depois do filme e por último de qual versão eu gosto mais!

Carregando uma maleta e um guarda-chuva, ela surgiu pela primeira vez voando, literalmente – e essa é só a primeira das surpresas que essa mágica babá tem para nós.

Um aniversário no zoológico, a história da Vaca Dançante, um chá da tarde nos ares, delicados remendos no céu noturno… Mary Poppins é durona e misteriosa!

Como é a personagem?

Sim, no livro, para minha surpresa Mary Poppins é uma babá durona, antipática e rude (diferente do filme).

É uma história mágica sim, que traz Mary pelos ares de Londres voando com seu famoso guarda chuva, até chegar na casa da família Banks.

O legal do livro é ver a magia acontecendo, apesar da personagem principal no livro não ser cativante. É uma leitura fácil, leve e despretenciosa.

Li esse livro para minha filha de 9 anos (que já assistiu os filmes de Mary Poppins algumas muitas vezes), ela até gostou do livro, rendeu bastante conversa entre a gente, ela notou a grande diferença do livro para o filme.

Publicada em 1934, a primeira história de Mary Poppins foi um sucesso e desde então fascina crianças e adultos.

Qual edição que eu li?

Mary Poppins
Mary Poppins. Imagem Zahar

A edição que eu tenho traz o texto integral em tradução do escritor Joca Reiners Terron, que também assina a apresentação. E mais: 20 ilustrações originais de Mary Shepard e cronologia de vida e obra de P.L. Travers. A edição impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo. Adoro os livros de luxo do selo Zahar da editora Cia das Letras.


Agora sobre o filme 1, Mary Poppins:

mary poppins
Mary Poppins. Imagem: https://www.bbc.co.uk/

Mary Poppins  é um filme estadunidense de 1964, do gênero comédia fantástico-musical, dirigido por Robert Stevenson para a Walt Disney Pictures, o filme é baseado nos livros Mary Poppins, Mary Poppins Comes Back, Mary Poppins Opens the Door e Mary Poppins in the Park, de P. L. Travers.

Na cidade de Edwardian em Londres, na década de 1910, George Banks volta para casa em Cherry Tree Lane e descobre através de sua esposa que as crianças, Jane e Michael, fugiram. Eles são achados e devolvidos logo depois pelo policial Jones que revela que as crianças estavam perseguindo uma pipa perdida.

As crianças pedem ao pai para ajudar a construir uma pipa melhor, mas ele as dispensa. Assumindo a responsabilidade de contratar uma nova babá, Banks publica um anúncio para achar uma babá. Mas Jane e Michael apresentam seu próprio anúncio por uma babá gentil e doce. O Sr. Banks rasga a anúncio das crianças e joga os restos na lareira.

No dia seguinte, várias babás idosas, de rosto azedo, esperam do lado de fora da casa dos Banks, mas uma forte rajada de vento as manda embora, e Jane e Michael testemunham uma jovem babá descendo do céu usando seu guarda-chuva.

Apresentando-se ao Sr. Banks, Mary Poppins calmamente entrega o anúncio restaurado das crianças e concorda com seus pedidos. Poppins se contrata, e ela o convence de que a ideia foi dele. Ela conhece as crianças e as ajuda a arrumar magicamente o quarto estalando os dedos.

A partir desse momento as crianças vão viver muitas aventuras mágicas com essa babá. Além da presença da Mary no filme ter o objetivo de ajudar a família que estava distante dos filhos (objetivo esse que não existe no livro).

O filme é alegre, as músicas são animadas, o cenário é espirituoso, e o elenco cativante, é uma bela produção, aqui em casa fez sucesso com as crianças! Já viram várias vezes o filme 1 o filme 2. (mas hoje estou falando só do filme 1).


Aproveite e confira:


Resumindo:

O filme é completamente diferente do livro.

O que eu achei do livro x filme? Qual eu gostei mais?

Eu esperava bem mais do livro de Mary Poppins. Fomos com a expectativa lá em cima. Nós gostamos muito dos filmes, já vimos muitos vezes o 1 e o 2. Então o livro nos surpreendeu pelas muitas diferenças e por incrível que pareça nós gostamos muito mais da versão de Mary Poppins dos filmes.

Recomendo que você assista com seus pequenos, como o filme é alegre e tem muita música as crianças pequenas costumam ficar encantadas!


E você gostou de saber mais ? Você prefere o filme ou o livro?

close