Doenças sazonais: 5 mais comuns no verão e como evitá-las

Doenças sazonais: 5 mais comuns no verão e como evitá-las

O verão começa oficialmente no próximo dia 21 de dezembro em todo o país. As temperaturas altas da estação são um convite para passarmos mais tempo fora de casa, ainda mais com os filhos em férias escolares. Praias, piscinas, atividades ao ar livre são também um prato cheio para as famosas doenças sazonais, características dessa época do ano.

A pediatra do Grupo Prontobaby, Maria Laura de Oliveira Joia, listou as cinco doenças que mais atingem a criançada na estação. 

A seguir, saiba mais sobre cada uma das doenças sazonais e veja como proteger as crianças. Confira:

doenças sazonais
Doenças sazonais. Imagem: br.depositphotos.com

Intoxicação alimentar

A condição que surge após o consumo de alimentos contaminados por toxinas produzidas por fungos ou bactérias, sendo mais comum em alimentos que foram mal armazenados, fora do prazo de validade ou que não tiveram práticas de higiene na hora do preparo. Os sintomas mais comuns são vômitos, náuseas, dor de cabeça, diarreia, mal-estar extremo e desidratação. Como tratamento, orienta-se aumentar a ingestão de líquidos, soro reidratante oral e alimentação leve.

Conjuntivite

É uma inflamação que se dá na parte branca dos olhos. Os principais sintomas são vermelhidão, prurido, vista lacrimejando e sensibilidade à luz. Pode afetar um ou ambos os olhos e o período de duração é de sete a 15 dias. As causas mais comuns são provocadas por bactérias, vírus e fungos, podendo ser provocada também por agentes externos, como corpo estranho, calor intenso, gases irritantes, entre outros. O tratamento varia de acordo com o agente causal, mas é essencial manter uma boa higiene e lubrificação dos olhos.


Aproveite e confira:


Otite

Caracteriza-se por infecção e/ou inflamação do ouvido, que causa dor e incômodo na região.  Chamamos de otite externa quando acomete o canal auditivo, mais comum no verão; e otite média quando acomete a membrana timpânica, mais comum em vigência de resfriado. O tratamento, geralmente, é feito com uso de medicamentos, como antibióticos e antifúngicos de uso oral, podendo também ser local.

Doenças dermatológicas

No verão, costumamos ir à praia e piscina com mais frequência, o que gera maior exposição solar. Isso faz com que todos fiquem mais expostos ao risco de doenças, como queimaduras de sol, micoses, bicho geográfico e brotoejas, por exemplo. O tratamento para as doenças dermatológicas comuns na estação consiste em conhecer a forma como são contraídas. Os principais cuidados a serem tomados para evitá-las é lançar mão do filtro solar, roupas leves e ficar atento ao horário de exposição solar, evitando aqueles de maior incidência do sol.

Pneumonia

É uma infecção dos pulmões que provoca inflamação dos bronquíolos, gerando sintomas como febre, tosse, falta de ar e dor no peito. A pneumonia pode ser viral, bacteriana, fúngica ou aspirativa, e, dependendo da causa, define-se o tratamento. O diagnóstico geralmente é feito por exame clínico, com avaliação de sintomas e exames de imagem.

Gostou de saber mais sobre as doenças sazonais das crianças?

close