Chá de Bebê Online
Roupinhas para bebês
Como fazer fotolivro
Ebook Atividades de 0 a 1 ano
criancas-micose

Micose em Crianças: Confira Como Evitar e Tratar

Última atualização em por

Tem dúvidas sobre micose em crianças? Principalmente neste verão, todo cuidado é pouco. É parquinho, praia, caixa de areia no espaço infantil de restaurantes. Os focos do problema são muitos! Continue acompanhando.

Muitas vezes, o que parece ser uma atividade inofensiva não é. A diversão das crianças – não tem jeito – envolve se sujar, muitas vezes, e ter contato direto com o ambiente. Elas não têm filtros. A preocupação mesmo fica para os pais. E, para a sua tranquilidade, fomos em busca de dicas sobre a micose. É o que você lê com a gente agora.

Micoses: O Que São?

Para combater e evitar, primeiro precisamos saber do que se tratam as benditas micoses. Com o que estamos lidando? As micoses são infecções da pele causadas por fungos, também chamadas de “tineas”.

Você, ainda, deve conhecer alguns tipos de micose como “frieira”, “unheiro” e “sapinho”. Pois é. Qual criança nunca teve uma dessas experiências, pelo menos, não é?

As micoses podem conferir muito desconforto para as crianças. A descamação, pele esbranquiçada ou fissuras, falhas no couro cabeludo podem vir acompanhadas de coceira intensa. No caso da micose nas unhas, a unha fica deformada.

Como Diagnosticar as Crianças?

Para tratar corretamente, é preciso que o médico examine o pacientinho. Ele fará isso observando, em um primeiro momento, a aparência da pele, couro cabeludo ou unhas da criança.

A partir daí, o profissional coleta uma amostra dela e analisa sob o microscópio ou, ainda, ilumina a área afetada com uma lâmpada de Wood. Esta última é eficiente pelo fato de que o fungo se torna fluorescente sob a iluminação azul em um quarto totalmente escuro.

Tratamento

Para cada caso e área afetada, um tratamento é indicado. A micose de pele é a mais fácil e rápida de ser resolvida. A tinea nas unhas, por exemplo, pode levar bastante tempo até sua cura.

É fundamental buscar ajuda médica para o tratamento de micose das crianças. Para a eficácia e segurança do seu filho, o pediatra deve vê-lo e fazer o encaminhamento para o médico dermatologista, que é quem deve definir a medida a ser tomada.

Como Evitar a Micose?

Agora vem a questão que não quer calar: como evitar a micose? Adote algumas medidas de segurança para afastar o risco de micose nas crianças:

  • Evitar o Toque de Áreas Infectadas

Não deixe as crianças tocarem a pele de pessoas infectadas.

  • Evitar Animais Infectados

Cães e gatos podem representar um grande risco se estiverem com alterações na pele. Certifique-se de que os animais estejam saudáveis. Procure descamações ou falhas no pelo.

  • Evitar Calçados Fechados

Os calçados fechados seguram a umidade e provocam o ambiente mais propicio para os fungos e bactérias: aquele que não tem ventilação.

  • Evitar que a Criança Ande Descalça em Piso Úmido

O fato de andar por muito tempo em um piso úmido, como terra molhada após uma chuva, pode representar risco de as crianças contraírem micoses.

Essas foram algumas informações sobre micose em crianças. Esperamos ter ajudado. Temos ainda outro artigo que pode te interessar, sobre cuidados com bebês no verão. Leia aqui!

Você também pode gostar

Comente com o Facebook

comentários