Mitos da gravidez – se alimentar por dois, chocolate e sexo

imagem: sportlife

 

A gravidez é um período fantástico para as mulheres e seus parceiros. A expectativa da chegada de um novo membro da família pode ser excitante e a vontade de fazer tudo certo pode acabar desvirtuando a beleza da gravidez para uma fantasia descabida. Nesse momento é que os mitos da gravidez surgem e isso se deve muito ao fato do desconhecimento, principalmente das gestantes de primeira viagem.

É importante conhecer o próprio corpo, aprender mais cientificamente sobre a gravidez e tirar todas as dúvidas com o médico que está fazendo o pré-natal. A maioria desses mitos não são comprovados cientificamente e a prática de algumas ações relacionadas a eles pode até causar complicações durante a gestação. É bom estar sempre atento e por isso apresentamos aqui uma série de mitos que são apenas mitos, nada de real há neles.

  • As gestantes devem se alimentar por dois

Quem nunca ouviu uma grávida falar que está comendo muito porque está se alimentando por dois (ou três, quatro…)? É comum que muitas gestantes façam isso e acabem se descuidando com a alimentação. Essa afirmação é uma verdade correndo em linhas tortas. De fato, o que a gestante ingere é transformado em nutrientes para o feto, e justamente por isso exageros alimentares e o álcool fazem mal ao bebê.

A má alimentação e em grandes quantidades pode prejudicar a gestante e está pode acabar tento pressão alta ou diabetes gestacional. Ambos afetam negativamente o bebê e por isso é necessário se alimentar bem e não muito.

  • Chocolate ajuda a ver o sexo do bebê

Comer chocolate é muito bom e prazeroso, se moderadamente. Porém, não há nenhum estudo científico que diga que a ingestão de chocolate ajuda a ver o sexo do bebê na hora da ultrassonografia.

É certo que ao ingerir glicose, a energia do corpo aumenta. Grávidas que comem alimentos com açúcar geram energia para ela e para o feto. Este se movimentará mais no útero o que pode possibilitar na visão do sexo ou não.

  • Teste de gravidez é 100% correto

Todo mundo, homens e mulheres, já devem saber que o teste de gravidez que é vendido em farmácia não traz toda a garantia necessária. Essa garantia funciona tanto para quem fez o teste e deu negativo, quanto para quem fez o teste e deu positivo. É preciso ter calma antes de espalhar a notícia da gravidez, consulte sempre um médico antes para ter certeza.

  • Sexo pode prejudicar o bebê

Um mito que impede um dos maiores prazeres da vida. O sexo só é vetado pelo médico caso ele ateste que há algum problema gestacional, como descolamento da placenta. Do contrário o sexo por ser mantido quase que normalmente. É preciso tomar certos cuidados e praticar em posições que não sejam desconfortáveis para a gestante e seu bebê.

Há até benefícios no sexo, este que pode relaxar a grávida com os problemas e unir o casal em um elo mais forte. Faz bem ao psicológico, já que as mulheres podem se sentir pouco desejadas graças ao desnível emocional.