Quais os exames durante a gestação?

A realização de exames durante a gestação, são muito importantes para a saúde da mulher e do bebê. Por meio deles, o médico é capaz de identificar uma gravidez de risco e consegue tomar as medidas para que tudo corra bem.

Preparamos uma lista para ajudar você, futura mamãe, a se organizar para os exames durante a gestação. Se tiver alguma dúvida, não esqueça de falar com o seu médico.

Exames Pré-concepção

O planejamento da gravidez dá mais tranquilidade para a mulher em uma fase tão sensível da sua vida. Na consulta com um ginecologista pode-se estudar o histórico clínico, obstétrico e ginecológico da paciente.

O médico também pode pedir exames laboratoriais como hemograma, glicemia, função da tireoide, além das sorologias para HIV, hepatites B e C, rubéola e sífilis. Assim, é possível atuar preventivamente nos fatores de risco que podem acontecer na gestação.

O consumo de ácido fólico também é recomendado no período de 60 a 90 dias antes da concepção, para prevenir a anomalia congênita do tubo neural e outras malformações.

Principais Exames Durante a Gestação

Quando a gravidez não é planejada os exames durante a gestação devem ser feitos assim que confirmada a gravidez. A recomendação da OMS é que o pré-natal tenha, ao menos, seis consultas para um acompanhamento de todas as fases da gestação. Os exames durante a gestação, ou seja, no acompanhamento pré-natal são:

Tipagem sanguínea e fator Rh

Este exame é realizado no casal para detectar a incompatibilidade de sangue entre a mãe e feto. Quando o fator Rh da mãe é negativo e o do pai é positivo, deve ser realizado o Teste de Coombs que determina se houve contato do sangue da mãe e o do bebê. A preocupação principal é que o corpo da mãe rejeite o feto, provocando o aborto.

Aproveite e confira:

Glicemia em jejum

Deve ser realizado logo no início da gravidez e aproximadamente na 26ª semana. O objetivo do exame é detectar o nível de glicose no sangue, pois, à medida que a gestação avança, o corpo tem mais dificuldade de absorção de açúcar. Se o quadro não for acompanhado de perto, o resultado pode ser uma diabetes gestacional que pode comprometer a gravidez.

Hemograma Completo

É um dos primeiros exames durante a gestação. A partir dele, o ginecologista consegue detectar quadros de anemia e infecções que podem afetar a gestação. Sua realização é recomendada pelo menos três vezes durante a gravidez.

Exame de Fezes

Outro exame que deve ser realizado logo no começo da gestação. Seu objetivo é detectar precocemente diversos tipos de verminoses no intestino que podem causar anemia ou problemas mais graves.        

Papanicolau

O Papanicolau é um dos exames mais importantes para a saúde da mulher e deve ser feito uma vez por ano dos 21 aos 65 anos.  Seu objetivo é identificar alterações no colo do útero que podem ser causadas por candidíase, tricomoníase, HPV e até mesmo câncer.

Toxoplasmose e Rubéola

Exame realizado para identificar o contato da gestante com os agentes causadores da toxoplasmose e da rubéola. Deve ser realizado logo no início da gravidez e repetido no terceiro trimestre.  É importante para que se evitem problemas como malformações do feto, cegueira ou surdez no bebê.

Sorologia para HIV

Mais um exame importantíssimo que deve ser realizado uma vez a cada seis meses. No início da gravidez ele se torna ainda mais urgente.  Se a mãe for soropositiva, deve-se começar imediatamente um tratamento com antirretrovirais para evitar a transmissão do vírus, via corrente sanguínea, para o feto.                 

Sorologia para Hepatites Virais

Um exame durante a gestação que deve ser realizado logo no início do pré-natal e no terceiro trimestre.  A presença da hepatite tipo A, B ou C no organismo da mãe pode provocar a malformação do feto, ou seu nascimento prematuro.

Da mesma forma que no caso do HIV, existem diversos tratamentos que podem impedir a transmissão do vírus para o feto.

Sorologia para citomegalovirus (CMV)

Exame que deve ser realizado no primeiro e terceiro trimestre da gestação. O CMV é da família dos vírus causadores da catapora, herpes simples, herpes genital e herpes-zóster. A ocorrência do vírus é rara, mas a sua presença no organismo da mulher pode provocar malformações no feto.

Ultrassonografia

Na lista de exames durante a gestação, o ultrassom é o mais importante para acompanhar o desenvolvimento do feto e deve ser realizado ao menos quatro vezes durante as 40 semanas.

Ultrassom transvaginal

Deve ser realizado nas primeiras semanas de gravidez. Além de estimar o tempo e desenvolvimento da gestação, também é responsável pelo primeiro exame morfológico que determina a Translucência Nucal (que detecta alterações genéticas como a Síndrome de Down).

Ultrassom morfológico

Acompanha a formação do feto e identifica malformações e quadros de anencefalia.

Ultrassom dos batimentos cardíacos. Identifica possíveis problemas de saúde que podem afetar a formação do bebê.

Urina

Um dos exames durante a gestação mais simples e que previne problemas sérios. Deve ser realizado no início do pré-natal e repetido pelo menos duas vezes ao longo das semanas.

Seu objetivo é identificar infecção urinária, incontinência ou outros tipos de inflamação e bactérias. Patologias que precisam ser tratadas para evitar problemas como parto prematuro ou problemas nos rins da mãe.

Estes são os tipos mais comuns de exames durante a gestação. Em casos que envolvem gravidez de risco, o ginecologista ou médico obstetra pode requerer exames mais específicos de acordo com a situação da gestante. Seguir as recomendações do médico é fundamental para que o parto seja tranquilo e o bebê nasça saudável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here