Saiu o ranking de nomes de bebê 2022!

Saiu o ranking de nomes de bebê 2022!

Nomes que são sucesso em vários países são os que mais crescem no Brasil, mostra a análise feita pelo BabyCenter Brasil (brasil.babycenter.com), a partir dos dados referentes a 294 mil bebês nascidos no ano de 2022 e cadastrados na plataforma digital. Estão nascendo cada vez mais crianças chamadas Olivia, Luna, Maya, Ayla, Levi, Noah e Anthony.

Os clássicos Miguel e Helena lideram o ranking dos nomes mais dados aos bebês no Brasil, segundo o ranking BabyCenter de nomes de bebê de 2022. Miguel está na primeira posição há 12 anos, e Helena, há cinco.

Porém, entre os meninos, o maior destaque é para o latino Gael, que chegou ao terceiro lugar, e Ravi, que chegou ao sexto e desbancou Davi. Também subiu bastante Léo, nome do filho da cantora e compositora Marília Mendonça, morta no final de 2021.

Para as meninas, chama a atenção a subida meteórica da combinação Maria Alice, que chegou à quarta colocação, com inspiração na filha da influenciadora Virginia Fonseca, e o crescimento de Rebeca, depois do ótimo desempenho da ginasta Rebeca Andrade na Olimpíada de Tóquio.

Ranking BabyCenter Brasil

O ranking BabyCenter Brasil de nomes de bebê é montado há 14 anos a partir da compilação dos dados dos usuários da plataforma digital gratuita, que inclui o site brasil.babycenter.com e o aplicativo grátis Minha Gravidez e Meu Bebê Hoje. O ranking 2022 foi elaborado a partir da análise de dados referentes a 294 mil bebês nascidos em 2022. No Brasil, nascem cerca de 2,7 milhões de bebês por ano.

O IBGE e o portal da Transparência (com a Arpen, entidade que reúne cartórios no Brasil) divulgam dados oficiais sobre nomes de bebê, mas a análise feita pelo BabyCenter Brasil permite uma percepção mais detalhada das tendências da moda, pois só a lista do BabyCenter Brasil uniformiza grafias diferentes para um mesmo nome, eliminando distorções com a separação de nomes Isabella e Isabela, por exemplo.

Além disso, o ranking BabyCenter Brasil considera nomes duplos separadamente: Maria Alice é um nome diferente de Maria Luísa, em vez de todos serem contabilizados apenas como Maria, como acontece em outros levantamentos.

Ranking das meninas

Os 10 nomes mais escolhidos para bebês meninas em 2022 foram:

1 – Helena

2 – Alice

3 – Laura

4 – Maria Alice

5 – Sophia

6 – Manuela

7 – Maitê

8 – Liz

9 – Cecília

10 – Isabella

Além de Maria Alice, que estreou nos top 100 em 2022, Maitê segue subindo, passando do 10o para o 7o lugar.

Nomes de menina em alta em 2022: Maria Alice, Maitê, Liz, Ayla, Aurora, Rebeca, Jade, Maria Liz, Ana Liz, Maria Elisa e Zoe.

Ranking dos meninos

Os 10 nomes de menino mais usados para bebês em 2022 foram:

1 – Miguel

2 – Arthur

3 – Gael

4 – Théo

5 – Heitor

6 – Ravi

7 – Davi

8 – Bernardo

9 – Noah

10 – Gabriel

Os destaques do ranking masculino são a chegada de Gael ao terceiro lugar e de Ravi ao sexto.

Nomes de menino em alta em 2022: Gael, Ravi, Léo, Dom, Augusto, Mathias, João Lucas, João Guilherme, Anthony, Anthony Gabriel e José Miguel.

Nomes de bebê globalizados

Há nomes que vêm dominando as preferências das famílias em várias partes do mundo. Veja alguns:

Leo: Vem subindo bastante, com uma forcinha talvez do astro argentino do futebol Leo (Lionel) Messi. É o quarto nome mais usado no Reino Unido, décimo nos Estados Unidos e no Brasil ocupa agora o 76o lugar, crescendo rápido.

Olivia: É o primeiro lugar nos Estados Unidos, terceiro no Reino Unido e 35o no Brasil, acima do nome Clara, por exemplo.

Liam: É o nome de bebê mais usado nos EUA atualmente para meninos. No Reino Unido está em 25o e no Brasil vem subindo cada vez mais, em 84o, mais popular que o nome Bruno.

Noah: Entrou no top 10 dos meninos no Brasil, em nono lugar. É o segundo nome mais escolhido para meninos tanto nos Estados Unidos como no Reino Unido.

Sophia: É o nome de menina mais usado no Reino Unido atualmente. No Brasil e nos EUA está em quinto lugar.

Theo: É um megassucesso no Brasil, em quarto lugar, e no Reino Unido, em terceiro. Nos EUA ocupa um respeitável 41o lugar.

Isabella: Décimo lugar no Brasil, 12o no Reino Unido, sexto nos Estados Unidos e terceiro nos países de língua hispânica em que o BabyCenter está presente.

Influências do esporte: Rebeca Andrade e Endrick

O nome Rebeca subiu 13 posições para o 33o lugar, quase empatado com Beatriz, inspirado pela graça, pelo carisma e pelo talento da ginasta Rebeca Andrade, medalha de ouro no salto e prata no individual geral da Olimpíada de Tóquio e campeã mundial do individual geral no campeonato mundial de Liverpool. O nome Rebeca também é impulsionado pela tradição de nomes bíblicos no Brasil, cada vez mais forte.

Endrick, nome da jovem revelação do Palmeiras, já vem encantando as famílias com bebês meninos, e deve subir muitas posições nos próximos anos para entrar no ranking dos 100 nomes de meninos mais usados no Brasil.

Celebridades: Marília Mendonça, Virginia Fonseca e Cláudia Raia

O nome do filho da cantora e compositora Marília Mendonça, Léo, registrou forte crescimento no ranking de nomes de bebê em 2022, e deve continuar subindo.

A família da influenciadora Virginia Fonseca e do cantor Zé Felipe continua inspirando pais e mães na hora de dar nome para o bebê: Maria Alice, nome da primeira filha do casal, disparou e chegou ao quarto lugar no ranking. A combinação José Felipe subiu também, assim como todas as versões do nome José, com ou sem complemento. Para o ano que vem deve brilhar o nome Maria Flor, a segunda filha do casal.

Cláudia Raia tem no currículo a inspiração entre as famílias do país para os nomes Enzo e Sophia, seus filhos mais velhos, e agora, com a chegada do pequeno Luca, deve influenciar a subida do nome. A maioria dos brasileiros prefere a grafia Lucca, aliás.

Família real britânica

Os 25 anos da morte da princesa Diana, o seriado “The Crown” e a morte da rainha Elizabeth impulsionaram o nome Diana, que vem ganhando popularidade e entrou pela primeira vez na lista de 100 nomes de menina do ranking BabyCenter. Deve continuar em alta nos próximos anos, na versão original. Nos anos 1980, houve uma explosão de Daianas e Daianes no Brasil. Agora, a versão mais utilizada é a da grafia internacional Diana.

Como é feito o ranking de nomes de bebê do BabyCenter Brasil

O ranking do BabyCenter Brasil opta por unificar as grafias de acordo com o som, ao contrário do que fazem as estatísticas oficiais da Transparência Brasil e da Arpen (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais). Nomes que se dividem muito em jeitos diferentes de escrever, como Luiza/Luísa, tendem a ficar subestimados nos rankings com dados oficiais.

O ranking é construído a partir da compilação dos dados dos usuários da plataforma gratuita de informações sobre gravidez e bebês, composta pelo site e pelo aplicativo Minha Gravidez e Meu Bebê Hoje. Em 2022, foram analisados 294 mil registros. Os nomes são considerados apenas em conjunto, para proteger a privacidade dos usuários.

Veja o material completo sobre nomes de bebê em 2022 no BabyCenter

close