Tosse: Dicas Para Acabar Com Ela de Vez!

Crédito: Shutterstock

A tosse incomoda a criança que sente e preocupa os pais. Mas é possível eliminá-la de uma vez por todas. E é o que você vai conferir agora com o Sou Mãe.

Pode ser algo simples? Sim, pode. Porém desconfie se ela durar mais do que uma semana. Esse tempo é demais para um simples resfriado, certo? Então converse com o pediatra do seu filho para o diagnóstico preciso. Agora vamos te dar algumas dicas para eliminar a tosse.

Crédito: Shutterstock

Como Eliminar a Tosse em 9 Dicas

1 – Xarope

O xarope tende a aliviar o desconforto da garganta da criança e aliviar o sintoma de tosse.

Mas lembre-se de que é importante uma consulta prévia para que o médico diga se o seu filho pode tomar xarope ou um remédio contra gripe.

Inclusive há pediatras que condenam o uso de medicamentos contra tosse e descongestionantes por crianças menores de 6 anos.

Isso se dá devido à falta de eficácia nessa idade e efeitos colaterais que podem ocorrer.

2 – Alergias

A tosse é um dos sintomas de alergias. Você sabe se o seu filho é alérgico a algo? Se não tem certeza, é hora de conversar com o pediatra e tirar todas as suas dúvidas.

Com o tratamento adequado, ela irá embora, juntamente com outros efeitos indesejados do problema.

Uma dica fundamental contra as alergias é afastar a poeira e ácaros. Certifique-se de que a casa está bem limpa. Troque a roupa de cama regularmente e aspire sofás, tapetes, bichos de pelúcia, etc.

3 – Resfriado

Se a criança está resfriada, além da tosse, deve apresentar congestão nasal, coriza, entre outros sintomas. Se maior de 6 anos, ela pode fazer uso de medicamentos que irão ajudá-la a enfrentar esse período com menos desconforto.

4 – Diagnóstico de Coqueluche

É importante que sejam descartadas doenças, como a coqueluche, responsável por um tipo de tosse peculiar (se assemelha a um assobio) e que pode ser muito perigosa em crianças menores de 1 ano de idade.

Uma vez diagnosticado após exame laboratorial, o médico indicará o tratamento e o restante é ter paciência. Pode levar um tempo até a doença ir embora por completo. Mas, uma vez que se vá, o “cof cof” irá junto.

5 – Lavar Bem o Nariz

Quando o nariz está congestionado (entupido), as secreções podem ir parar nos pulmões da criança, provocando a tosse.

Sempre auxilie o seu filho na limpeza, a assoar o nariz e utilize soro fisiológico, pingando gotinhas nas narinas. É importante lavar o nariz da criança várias vezes ao dia.

6 – Inalação

Ainda falando sobre os desconfortos causados pelo congestionamento nasal, a inalação com soro fisiológico ajuda a soltar o muco da parede dos pulmões e, assim, fica mais fácil expelir o catarro e se livrar da tosse.

7 – Mel

Uma receitinha da vovó, mas que ajuda muito. Você pode dar mel à criança a partir do seu primeiro ano de vida. O mel é um anti-inflamatório eficaz e traz um conforto grande à garganta, eliminando a tosse.

8 – Ar Seco

Se o ar dos ambientes estiver muito seco, tossir é quase uma garantia. Deixar um baldinho raso com água perto de um ventilador ou ar-condicionado irá auxiliar a levar mais umidade para o local. Toalhas úmidas podem ser outra alternativa eficiente.

9 – Elevar o Travesseiro

Para que a secreção não vá para a garganta e queira voltar, sob o formato de tosse indesejada, eleve o travesseiro da criança.

 

Gostou das dicas contra a tosse?

Quer saber mais sobre a coqueluche? Confira neste artigo.