5 benefícios dos animais de estimação na infância

- Advertisement -

Gato, cachorro, peixe, tartaruga e outros animais podem oferecer muitas vantagens para o seu filho. Conheça alguns benefícios dos animais de estimação na infância!

Quem não tem lindas memórias de infância associadas a animais de estimação? Os pets oferecem companhia, conforto e muita diversão e vão ainda mais além. 

Há décadas a ciência mostra que conviver com cães, gatos, pássaros, peixes ou outros bichinhos traz benefícios à saúde física e mental, aos relacionamentos e à aprendizagem. Conheça cinco motivos pelos quais deixar que seu filho tenha um pet é uma boa decisão.

Como os animais de estimação pode contribuir na vida das crianças

Existem muitos benefícios dos animais de estimação na infância e o maior deles, considerado pela maioria das pessoas, é a amizade. Mas, os pequenos também usufruem outras vantagens em ter um pet.

Abaixo listamos e explicamos alguns deles, mas existem muitos outros benefícios também. Entre eles, as crianças aprendem sobre o nascimento, reprodução, cuidados e muitos outros. Veja!

animais de estimação na infância
Imagem: pixabay

1. Estimula o relacionamento familiar

Passar a ter um animal de estimação em casa significa muita conversa entre pais e filhos. Da escolha do nome à definição de responsabilidades de cada um, a novidade estimula a convivência, o diálogo e a construção de um relacionamento mais próximo entre os membros da família. 

Além disso, o pet pode ser a motivação para atividades familiares como passeios, dar banho, brincar no parque, entre outras. Estas atividades simples podem mostrar à criança e relembrar aos adultos o quanto é bom aproveitar a companhia e a comunicação com o outro. 


Aproveite e confira:


2. Encoraja um estilo de vida saudável

Ter um bichinho pode estimular as crianças a passarem mais tempo do lado de fora da casa e menos na frente de uma tela. Brincar, correr, passear e movimentar o corpo se tornam muito mais atraentes e divertidas quando feitas com o pet. 

De quebra, acariciar um bichinho de estimação ajuda a reduzir a pressão arterial e diminuir a ansiedade. Ainda no contexto da vida saudável, levar o pet ao veterinário, dar remédios, vacinas, a alimentação correta e carinho podem dar à criança a dimensão da importância destes cuidados para a própria saúde. 

Os custos para manter a saúde do bichinho são, muitas vezes, os motivos que desanimam os pais a permiti-los aos filhos. Mas estes custos podem tornar- se mais acessíveis com a possibilidade de contratar um plano de saúde para animais de estimação, por exemplo. As coberturas incluem atendimento em domicílio, plantão 24 horas, consultas com especialistas, vacinas, exames, cirurgias, entre outros. 

3. Fortalece a imunidade

Uma série de pesquisas demonstra que crianças que crescem em lares com animais de estimação tendem a ter um sistema imunológico mais forte. Com isso, há menos chance de desenvolver patologias como asma, alergias e dermatites atópicas. 

Um estudo da Novartis e University of Warwick analisou a saliva de 138 crianças entre quatro e 11 anos e o resultado mostrou que as defesas dos participantes com pets em casa combatiam gripes e resfriados com mais eficiência do que os colegas que não conviviam com animais domésticos. Dados indicam ainda que esses amiguinhos podem influenciar na composição dos micro-organismos do intestino, que tem um papel importantíssimo para a imunidade.

4. Ajuda na aprendizagem

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, os pets podem ajudar na formação de mais conexões neurológicas nos primeiros anos de vida dos bebês. Repetir ações na hora de brincar com os bichinhos aperfeiçoa as habilidades motoras. 

Além disso, a vivência com os animais fortalece e autoconfiança, estimula a comunicação e auxilia na socialização da criança – aspectos muito importantes no processo de aprendizagem dos pequenos. Uma pesquisa recente mostrou que crianças que relutam em ler em voz alta na escola, conseguem praticá-lo quando estavam em casa com os pets, por terem com eles uma relação de amizade, sentindo-se confiantes e sem julgamentos. 

5. Desenvolve senso de responsabilidade

As tarefas que envolvem um animal de estimação ensinam as crianças que é preciso ter responsabilidades, que determinadas atividades precisam ser realizadas para que todos estejam bem, para que as coisas caminhem, funcionem e ocorram dentro do previsto. Além disso, cumprir estas tarefas desencadeia sentimentos de conquista, de que a criança conseguiu desempenhar ações que até pouco tempo não faziam parte de seu cotidiano. 

Cuidar de um pet ainda favorece o desenvolvimento de empatia, principalmente através da leitura corporal. Com isso, os pequenos desenvolvem a capacidade de enxergar e respeitar os sentimentos e pontos de vista do outro. 

Então, que tal presentear o seu filho com um animal de estimação?

Por: Andreia Silveira, do site Smartia.com.br.

Gisele Cirolinihttps://www.soumae.org/
34 anos, gaúcha, esposa, mãe de duas meninas, neurótica da rotina (mais relaxada depois da chegada da segunda baby) e fundadora do sou mãe!

Posts relacionados