Saúde bucal durante a gestação: 3 coisas que você precisa saber

Saúde bucal durante a gestação: 3 coisas que você precisa saber

A saúde da nossa boca é um cuidado que temos que manter durante toda nossa vida, e isso é um ponto inquestionável. Porém, quando se trata de gravidez, a saúde bucal precisa ser feita de maneira muito mais minuciosa, ou seja, são necessários cuidados especiais durante a gestação. 

Até porque durante esse período mudanças hormonais fazem os vasos sanguíneos dilatam e aumentam a chance de problemas bucais gerados por inflamações, como por exemplo a gengivite. Além de facilitar o desenvolvimento de doenças como a cárie. 

Esses são apenas alguns dos pontos que demonstram que a saúde bucal da gestante precisa ser levada tão a sério quanto o restante do corpo, pois as doenças que atingem a boca em sua maioria são capazes de chegar a corrente sanguínea e assim, afetar o feto.

Como ter uma gestação saudável?

A melhor forma de garantir que a sua gravidez seja o mais saudável possível é tendo uma limpeza bucal adequada, isso quer dizer que é necessário estar com escovação em dia, assim como o uso diário do fio dental e claro não se pode esquecer de regularmente visitar a clínica de dentista

E a melhor maneira de colocar em prática todos esses passos é através de um pré-natal odontológico, que além de prevenir o aparecimento de novas doenças bucais. 

Isso também é fundamental para o tratamento das doenças já existentes na boca, mesmo antes da gravidez.

Durante o acompanhamento, é muito pontual que você esteja com os exames odontológicos em dia, essa também é uma maneira de ter uma gravidez mais saudável e oferecer menos riscos ao seu bebê. 

Então, um exemplo de exame que pode ser feito é a radiografia periapical preço. Porém,  não esqueça de informar ao seu dentista que você está gestante e quantos meses têm.

Por fim, para fechar os cuidados básicos é muito importante que sua alimentação seja equilibrada, ou seja, uma dieta baseada no consumo de alimentos ricos em fibras, verduras e legumes ao invés de ingerir doces e comidas gordurosas, por exemplo.

Procedimentos odontológicos em gestantes

Uma das razões pela qual muitas mulheres deixam de buscar um auxílio dentário é por acharem que tratamentos odontológicos como a lente dentária não podem ser feitos em gestantes, todavia, essa é uma crença que não passa de mito. Afinal, as gestantes podem e devem estar com os exames em dia.

A única ressalva que se faz é em relação ao exame de raio-x, dependendo do tempo de gravidez não é indicado realizar o exame. 

Inclusive, a recomendação médica é que durante os três primeiros meses da gestação esses exames não sejam feitos, a menos que seja muito necessário.

Todavia, o restante dos procedimentos podem ser feitos normalmente, e apesar de muitas pessoas acharem que não, o uso do aparelho ortodôntico transparente preço é super tranquilo para gestantes. 

Até porque são procedimentos nada invasivos, além de proporcionarem uma aparência estética melhor.


Aproveite e confira:


Por que fazer um acompanhamento odontológico?

Como dito anteriormente, a gestação traz consigo diversas mudanças para seu corpo, isso consequentemente diversos sintomas aparecerão, tornando necessário que existam cuidados especiais com a higiene bucal. 

Além disso, existem três coisas a respeito deste momento que você precisa saber. Elas são:

Enjoo por conta de cremes dentais

Normalmente, cremes dentais acabam causando enjoo em gestantes, e esse é um ponto que incomoda muito elas, afinal elas precisam realizar a escovação. 

E uma maneira de lidar com isso é substituindo o creme dental tradicional, pelos que possuem sabor menta, já que não existem pastas de dente específica para gestantes.

Cáries podem causar parto antecipado

Como as cáries, são as bactérias que podem invadir o sistema circulatório e elas podem chegar na placenta, ocasionando perda de peso do feto ou até mesmo partos prematuros.

Pois quando acontece uma inflamação grave, os microrganismos presentes na boca atingem a corrente sanguínea e, assim, invadem o sistema circulatório da criança.  Por isso, não deixe de fazer um acompanhamento com seu dentista.

Gestantes podem realizar procedimentos odontológicos

Como dito anteriormente, mulheres em processo de gestação podem e devem realizar os procedimentos odontológicos sempre que preciso. 

Esse cuidado é fundamental para manter uma boca saudável, assim como a saúde do bebê, que está diretamente ligada à da mãe. 

É importante enfatizar que mesmo que não seja proibido, anestesias são indicadas somente em casos emergenciais. Até porque, existe o risco dela ultrapassar a barreira da placenta e causar o descolamento e alterações no feto. 

Vale salientar que o acompanhamento com a mãe também deve ser estendido para criança, por isso assim que os primeiros dentes surgirem, procure um dentista para bebe.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Markplan, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre estratégias de negócios, pensados para abranger informações e novidades relacionadas aos maiores segmentos empresariais.

close