Alguns cuidados e dicas para pós-parto! Confira aqui!

- Advertisement -

Você sabe que cuidados deve ter no pós-parto? Confira as dicas aqui nesse post e fique bem preparada no seu pós-parto!

No pós-parto as atenções da mãe se voltam quase que exclusivamente nos cuidados com o recém-nascido que por vezes se esquece dela mesma. É preciso atenção para esse período que envolve muitas mudanças hormonais, físicas e emocionais, a mulher precisa se preparar para viver esse momento da forma mais tranquila possível e para isso é necessário que ela se volte para ela mesma e veja suas próprias necessidades.

Alguns cuidados que você precisa estar atenta no pós-parto:

Alimentação Saudável

Sim, manter uma alimentação saudável é imprescindível, tanto para você quanto para o bebê se estiver fazendo aleitamento materno. Além do que, as mulheres querem logo voltar ao corpo de antes da gestação, perder os quilos extras ganhados, mais saiba que pode demorar até um ano e meio para o corpo da mulher retornar ao seu peso anterior a gestação, e claro se para isso houver um controle da alimentação. Pois a amamentação dá muita fome, e as mulheres tendem a pecar pelo excesso nessa hora, acabam comendo além do necessário e depois precisam correr atrás do prejuízo.

Então o segredo é manter uma dieta balanceada rica em verduras, legumes, carnes magras, sementes e frutas. A ingestão de líquidos é imprescindível para a produção do leite materno, dê preferência para a água ou sucos que tenham bastante água em sua composição. Geralmente na gestação os níveis de ferro diminuem, portanto após o parto é importante repor o ferro com a ingestão de bastante proteína, como substituto da proteína para as mamães veganas ou vegetarianas, utilize grão-de-bico ou vegetais verde escuros.

Cuidados com os pontos

É muito comum sentirmos dores no corpo após dar o nascimento do bebê, e isso seja pelo parto normal, ou por cesárea. Pois na cesárea tem os pontos do corte realizado acima do osso púbis para a retirada do bebê e no parto normal geralmente temos a episiotomia que é um corte feito no canto da vagina para auxiliar na retirada do bebê ou ainda podem haver lacerações na pele na hora da saída do bebê. Portanto é preciso ter alguns cuidados com as regiões que sofreram pontos ou tiveram fissuras.

Para qualquer uma dessas cicatrizes elas precisam ser bem cuidadas e higienizadas com água e sabão neutro para não causar alergias. A região após a higienização precisa ser bem seca para evitar complicações. Sinais como vermelhidão, dor intensa, secreção amarelada ou esverdeada, cheiro ruim indicam infecção nas cicatrizes portanto procure um médico com urgência nestes casos.

No caso de parto, aplique compressas de gelo na região do períneo para aliviar os desconfortos nessa região, ou faça banhos de assento com água morna que ajuda também. Para evitar as hemorróidas procure sentar-se sobre uma almofada com furo no meio para reduzir a pressão sobre a região dos pontos. Os absorventes devem ser trocados, no mínimo, de quatro em quatro horas, especialmente nos dez primeiros dias, nos quais aparecem as loquiações (secreção vaginal dos primeiros dias do puerpério).

No caso da cesárea, é importante ficar atento aos pontos que devem ser retirados apenas depois de oito dias da realização da cesárea, já existem procedimentos em que os pontos não precisam ser retirados mas são absorvidos pelo organismo. É preciso manter o curativo sempre limpo, se houver secreção na região, ou se estiver sentindo muitas dores, procure seu médico e ele lhe fornecerá todas as orientações necessárias. Pode tomar banho normalmente se o curativo for impermeável, caso contrário é recomendado não molhar.

O uso de cremes e pomadas só deve ser usado em casos de infecções e sob orientação médica.

Calcinhas ou cintas pós-parto

Muitas mulheres as utilizam e se sentem muito confortáveis usando elas, pois diminuem o inchaço, ajudam a reorganizar os órgãos em seu devido lugar, além de melhorar a silhueta no geral. No entanto alguns especialistas acreditam que elas podem atrapalhar o fluxo sanguíneo e a movimentação dos músculos, justamente pela compressão que elas fazem além de que nos casos de cesárea pelo uso incorreto ela pode levar a formação de seroma (acúmulo de líquidos na região da cesárea). Por isso é muito importante que você pergunte ao seu médico qual é a orientação dele no assunto.

Resguardo

dicas para o pós-parto
Dicas para o pós-parto. Imagem: Hospital Santa Mônica

O termo parece antigo, mas ele é tão atual quanto à 50 anos atrás, as mulheres após o parto devem se resguardar por no mínimo 40 dias. Nesse período algumas atividades você estará liberada para realizar e outras não, o intuito desse período é para que tanto o corpo como a mente da mulher possa voltar aos poucos a normalidade, deixando de sentir incômodos e dores. Algumas das atividades que devem ser evitadas nesse período por exemplo: sexo, exercícios físicos pesados, dirigir, carregar peso, etc. E essas orientações valem mesmo que você não esteja sentindo nenhum incômodo, pois algumas sintomas podem demorar mais para surgir.

Cuidado com os seios

Observe as mamas com frequência, pois é muito comum haverem complicações no início da amamentação como mastite, infecção das glândulas mamárias, e outros. É muito comum sentir dor e vermelhidão nessa região, bem como apresentar fissuras nas auréolas nestes casos utilize leite materno que auxilia na cicatrização ou pomadas específicas e veja se o bebê está fazendo a pega correta, muitos problemas nessa região são decorrentes de uma amamentação incorreta. Também pode ocorrer casos de febre, informe seu médico de qualquer uma dessas alterações.

Aceite ajuda

É muito importante contar com ajuda extra nos primeiros dias do pós-parto, muitas mulheres tem dificuldade em aceitar ajuda de terceiros, mas nos primeiros dias é fundamental que a mamãe fique dedicada exclusivamente a sua recuperação e aos cuidados do recém-nascido. Cozinhar e limpar a casa por exemplo são tarefas que podem ser delegadas para outras pessoas, por isso conte com a ajuda de alguém que seja de confiança ou contrate um profissional para lhe auxiliar nesse período.

Aproveite e confira: 10 Mitos da gravidez – Confira nesse post e relaxe!

Exercícios Físicos

Alguns exercícios podem ser realizados de forma leve e curta após duas semanas do parto normal para ajudar na circulação sanguínea, diminuir o inchaço na região abdominal e dar mais disposição a puérpera. Nos casos de cesárea, a retomadas das atividades físicas leves deve ser após seis semanas do parto.

Lembrando que durante o puerpério a mamãe não deve consumir álcool, drogas ou cigarro. E qualquer medicamento antes de ser administrado, deve ser previamente autorizado pelo seu médico. Todos esse itens são de caráter informativo, siga as orientações do seu médico.

Aproveite e confira:

Ana Paula Fernandes - Equipe Sou Mãe
Casada, mãe de segunda viagem, descobrindo um novo universo, o universo das mães! E compartilhando um pouco de suas descobertas aqui no Sou Mãe!

Posts relacionados