Desenvolvimento do bebê: 1 mês

IMAGEM: Pixabay/cherylholt

Tanto a gravidez quanto o convívio com o bebê são experiências novas e incríveis para os dois. Por isso, vem conferir e entender como é o desenvolvimento do bebê de 1 mês.

Com um mês de nascido, o seu bebê começa a ter mais firmeza no pescoço. Você consegue observar como ele começa a ficar forte quando consegue levantar a cabeça em alguns momentos e sustentá-la, ainda que por pouco tempo. Afinal, ele ainda começando a aprender e se desenvolver, e a sua jornada de conhecimento corporal ainda vai levar um longo tempo para chegar ao fim. Por isso, aproveite cada conquista do seu filho.

Os membros superiores e inferiores começam a atrair a atenção do seu bebê. Nesse primeiro momento, é interessante que essas partes sejam estimuladas. Toque os braços e as perninhas dele, para que ele tenha as sensações e perceba os movimentos que o corpo dele são capazes de fazer. Mova seus dedinhos e observe sua curiosidade e reação.

E é essa curiosidade, inclusive, que, frequentemente, vai fazer o seu bebê querer colocar a mãozinha e os pezinhos na boca, o que é uma reação muito natural e esperada. Para as mães adeptas de liberar o uso da chupeta, vale tentar essa troca, pois os bebês sentem vontade de sugar. Então saia na frente e esteja preparada.

Além do tato, outras sensações começam a ser descobertas, como a audição. O seu bebê começa a tentar se comunicar. Ele vai balbuciar sons que você não vai entender, mas converse com ele. Permita-o te ouvir e se acostumar à sua voz e ao vocabulário desde cedo.

A audição dele também faz com que esteja atento a tudo, queira ver tudo. A música já chama a atenção, conforta, relaxa e o deixa animado. Pequenos sons também o atraem, como barulho de chaves, chocalho, sinos, entre outros.

A visão do bebê de um mês é o sentido menos aguçado de todos. Ele ainda não sabe controlar os seus olhinhos, mas uma coisa é certa: ele já percebe movimentos, que o encantam, embora sejam imagens embaçadas e duplicadas. O bebê nessa fase inicial é míope, então o móbile em cima do berço é interessante para que ele possa ter seus contatos de pertinho com os objetos que se movem e ter esses estímulos visuais. As cores que têm contraste, como uma cor clara e outra escura, são as preferidas.

O bebê também não controla muito bem os movimentos do corpo. E dormir é com eles mesmos. O recém-nascido pode dormir de 20 a 22 horas por dia! Não se assuste se o seu filho parecer um tanto dorminhoco. É assim mesmo, e, inclusive, o sono de qualidade é importantíssimo para o desenvolvimento do bebê. Mas o sono vai sendo reduzido aos poucos, conforme seu filho fica mais crescidinho. Da mesma forma, a alimentação dele, que, no primeiro mês de vida, mama em torno de 10 vezes ao dia.

Já o paladar, esse já é bom mesmo. Acredite se quiser, mas o seu filho já nasce com ótima capacidade de distinguir os sabores primários, como a sensação doce, salgada, amarga e azeda.

O que vale nessa fase é estimular, para que o desenvolvimento do bebê ocorra de forma saudável e que você o ajude a atingir o seu potencial de aprendizagem para o período. Brincar, beijar, conversar, cantar para ele, contar histórias. Tudo isso é muito válido e importante.

Você tem amigas que também estão vivendo agora essa fase? Compartilhe as informações sobre desenvolvimento do bebê.

Quer mais dicas e informações sobre como cuidar de um recém-nascido? Confira aqui!

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários