Zika na gravidez – transmissão, sintomas e cuidados

zika na gravidez
Imagem: Gravidez Online

O Zika Vírus tem sido muito comentando nos últimos tempos, principalmente devido as complicações em gestantes e bebês. Mas afinal o que é Zika Vírus?

Ele é um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti que é o mesmo transmissor da dengue e da febre chikungunya. O mosquito Aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem cores marrom escuro ou preta com listras brancas no corpo e nas pernas. Ele geralmente pica de manhã cedo ou no fim da tarde, e suas picadas se localizam geralmente na região da panturrilha, pés ou joelho.

O virus teve sua primeira aparição registrada em 1947, quando foi encontrado em macacos da Floresta Zika, em Uganda. Somente em 1954 os primeiros casos em seres humanos foram relatados, na Nigéria. O Brasil notificou os primeiros casos de Zika vírus em 2015, no Rio Grande do Norte e na Bahia. Atualmente, sua presença já está registrada em cerca de 70 países.

Ciclo de Transmissão

O ciclo de transmissão do mosquito Aedes aegypti se dá da seguinte forma: a fêmea põem os ovos em locais quentes e úmidos, as temperaturas mais propícias são em torno de 30º a 32º, ao saírem dos ovos as larvas ainda vivem na água por cerca de uma semana, depois transformam-se no mosquito adulto, que vive em torno de 45 dias. Os mosquitos acasalam já no primeiro ou segundo dia após se tornarem adultos, após as fêmeas começam a se alimentar de sangue que tem as proteínas necessárias para o desenvolvimento dos ovos.

Importante salientar que os ovos que carregam os embriões do Zika Vírus, podem suportar até um ano a seca e assim podem ser transportados grudados as bordas de recipientes por longas distâncias, à espera de um local adequado para se desenvolverem (local quente e úmido).

O contágio principal do Zika Vírus se dá pela picada do mosquito que após se alimentar do sangue de alguém contaminado, pode transportar o vírus durante toda a sua vida. Após a pessoa ser picada ela demora em torno de 3 a 12 dias para começar a apresentar os sintomas. Em cerca de 80% dos casos os sintomas do vírus sequer aparecem.

O vírus pode ser transmitido das seguintes formas:

  • Transmissão pela picada do mosquito Aedes aegypti ;
  • Por relação sexual;
  • Na gestação, da mãe para o feto;
  • Há casos de transmissão devido à transfusão sangüínea.

Não há confirmação que haja transmissão do Zika Vírús por urina, saliva ou leite materno.

Transmissão de Zika na gravidez

A gestante pode transmitir o Zika Vírus para o bebê durante a gravidez principalmente quando ela é picada no primeiro ou segundo trimestre da gestação. E essa forma de transmissão é muito preocupante pois o vírus pode atravessar a placenta e invadir a massa cinzenta do bebê e trazer danos irreversíveis ao seu cérebro e microcefalia (condição em que o cérebro do bebê não cresce o suficiente, causando danos cognitivos, motores, oculares entre outros)

Se você mora em regiões afetadas pelo Zika Vírus e pretende engravidar é importante conversar com seu médico sobre medidas preventivas para o período anterior e posterior a concepção. Como o vírus pode ser transmitido por relação sexual, mesmo que a pessoa infectada não apresente mais os sintomas é importante esperar para engravidar.

Os centros de controle e prevenção de doenças americanos (CDC) recomendam que que as mulheres que possam ter sido contaminadas pelo vírus esperem em torno e 8 semanas para engravidar.

Há também estudos que relatam que homens que já foram infectados pelo Zika Vírus podem manter o vírus no sémem mesmo que o vírus não esteja mais na sua corrente sanguínea, nestes casos pode ser necessário aguardar até 6 meses para a concepção, evitando a gravidez neste caso para que não se dê a transmissão do vírus da mãe para o feto.

Quais os sintomas mais comuns:

  • Dor de cabeça e dor atrás dos olhos;
  • Febre baixa ( entre 37,8° e 38,5°C )
  • Conjutivite (olhos vermelhos e inchados mas sem secreção);
  • Dores nas articulações ( mais frequentemente nas articulações das mãos e pés, com possível inchaço );
  • Dor muscular;
  • Manchas vermelhas na pele, acompanhadas de coceira. Podem afetar o rosto, o tronco, mãos e pés.

Cuidados a serem tomados durante a gestação:

  • Use repelete;
  • Roupas compridas;
  • Uso de telas nas portas e janelas da casa ou dos lugares que frequenta;
  • Eliminar lugares com água parada (maior foco da proliferação do mosquito);
  • Faça sexo seguro;
  • Fazer o pré-natal corretamente.

Aproveite e confira:


Diagnóstico:

O diagnóstico do Zika Vírus é realizado por meio de exames laboratoriais de sorologia e de biologia molecular ou com o teste rápido, usado para triagem.Todos os exames estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

Os recém-nascidos são submetidos há testes de ressonância magnética, tomografia, ultrassom e no caso de confirmação do Zika Vírus o Ministério da Saúde deve ser notificado em até 24 horas.

Zika Vírus tem cura?

A infecção por Zika Vírus geralmente tem cura espontânea, em torno de 10 dias, é recomendado repouso e uso de antitérmicos, analgésicos e outros remédios. As principais complicações são neurológicas e devem ser tratadas conforme orientação médica.

Você sabia sobre Zika na gravidez?